Blog



Melhores práticas para comprar online de forma segura

Mais um ano, outra semana cibernética, e outra oportunidade para criminosos cibernéticos. Porém, a temporada de compras natalinas de 2021 já deve representar mais desafios. Espera-se que os compradores recorram ao comércio eletrônico, pois muitos itens procurados nas lojas podem estar em falta devido a pandemia. Como resultado, tanto os consumidores quanto os varejistas devem ser especialmente cautelosos com golpistas oportunistas que oferecem negócios muito bons para roubar informações confidenciais e lucrar com as perdas de suas vítimas.


Enquanto muitos de nós estamos preparando nossos cartões de crédito, os compradores de final de ano também vão querer reservar um tempo extra para considerar quem pode acessar os dados que você está cedendo. Os cibercriminosos estarão especialmente ativos este ano, prontos para lançar um ataque onde quer que encontrem uma abertura. De golpes de phishing a aplicativos maliciosos, eles estão esperando que compradores descuidados sejam atraídos para suas armadilhas, o que significa que a melhor maneira de reduzir o risco é permanecer vigilante.

Mais compradores confiando no comércio eletrônico nesta época de festas

Como resultado da pandemia, muitos compradores mudaram para o e-commerce como método de obtenção de roupas, eletrônicos, utensílios domésticos, brinquedos e outros presentes que procuram. E embora tenhamos visto um aumento constante nas compras online ao longo dos anos. As compras de fim de ano deste ano podem bater os recordes anteriores.

Enquanto isso, em segundo plano, os cibercriminosos planejam simultaneamente seus ataques. E eles esperam que as oportunidades relacionadas às compras na época festiva sejam igualmente lucrativas.

Seu guia para fazer compras online com segurança nesta semana e final de mês

Ameaças comuns da Black Friday:

  • WiFi público: Comprar em casa em uma rede privada é uma coisa. No entanto, você pode querer pensar duas vezes antes de fazer compras online usando uma conexão Wi-Fi pública de uma cafeteria, shopping ou mercearia. Os cibercriminosos invadem com mais frequência essas redes para interceptar seus dados. Eles podem até acampar em áreas públicas, transmitindo um ponto de acesso denominado “WiFi público gratuito” que, quando um visitante desavisado se conecta, pode ser usado para capturar todo o tráfego que se move entre o dispositivo e um site de comércio eletrônico (ou qualquer site, realmente). Evite WiFi público, se possível, a menos que você tenha uma conexão VPN segura e espere até chegar em casa para se conectar a uma rede segura e confiável.
  • Sites de e-commerce falsos: muitos sites de compras falsos surgem durante as férias, projetados para atrair os consumidores a fornecer cartões de crédito ou informações pessoais, oferecendo negócios impossíveis de bater ou acesso a itens difíceis de encontrar que, na realidade, não têm não existe. Se você estiver visitando um site de comércio eletrônico pela primeira vez, faça pesquisas para verificar sua legitimidade antes de fazer uma compra. Pesquise avaliações na Internet, verifique se a empresa tem um endereço físico e um número de telefone listados e fique longe de sites que exijam pagamentos diretos do seu banco, transferências eletrônicas ou peça cartões-presente como forma de pagamento.
  • Software de skimming de cartão de crédito: os skimmers de cartão de crédito (cópia dos dados do cartão) não se limitam a lojas físicas de varejo, também podem ser encontrados online. O malware de scraping de ponto de venda (POS) se tornou cada vez mais popular entre os criminosos cibernéticos nos últimos anos. Primeiro, os invasores devem obter acesso a um sistema de ponto de venda, como um aplicativo de carrinho de compras. Em seguida, eles infectam o host com malware projetado para extrair dados de cartão de crédito da fonte. A transação ainda é realizada, e todas as informações do cartão de crédito também são coletadas. Como consumidor, nem sempre é fácil evitar skimmers de cartão de crédito, mas a maioria dos grandes varejistas respeitáveis ​​possui medidas em vigor (como um firewall de aplicativo web) para evitá-los.

Promova hábitos de compra online de forma segura

A melhor maneira de evitar ser vítima de um ataque na Black Friday é praticar hábitos de compra online seguros. Use o bom senso ao navegar on-line e procure revendedores confiáveis para promoções e ofertas de feriados. E quando você fizer essas compras, lembre-se de que os cartões de crédito oferecem proteção integrada contra fraudes ao consumidor!

Embora a capacidade de comprar mercadorias, enviar presentes e conectar-se a entes queridos por meio de redes digitais tenha sido extremamente valiosa durante o curso da pandemia, especialmente, é importante entender que essas conveniências não estão isentas de riscos. Em vez de se deixar levar pela pressa e pelo entusiasmo das compras na Black Friday, reserve um momento este ano para fazer uma pausa e revisitar as melhores práticas de segurança cibernética. E não se esqueça de passar seu conhecimento para seus amigos e familiares também. Desta forma, todos podemos desfrutar de navegar de uma forma segura.

REFERÊNCIAS:

https://www.fortinet.com/blog/industry-trends/best-practices-for-safe-online-shopping

https://www.fortinet.com/solutions/industries/retail?utm_source=blog&utm_campaign=2020-q3-retail

https://www.fortinet.com/blog/threat-research/black-friday-and-the-proliferation-of-fake-ecommerce-sites

https://www.inc.com/anna-meyer/holiday-shopping-2021-e-commerce-adobe.html





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros

Av. Tancredo Neves, 620, Edf. Mundo Plaza, Torre Empresarial, Salas 2105 e 2106 - Caminho das Árvores, Salvador - BA, 41820-020
Tel.: 71 3018-7381 / 3018-7381 www.xlogic.com.br - sac@xlogic.com.br

XLOGIC. © 2021. Todos os direitos reservados.