Blog



CRIANDO ESCOLAS E UNIVERSIDADES MAIS SEGURAS COM SOLUÇÕES CIBERNÉTICAS

Educadores de todo o país trabalham para garantir que os alunos tenham acesso aos ambientes seguros e produtivos, onde possam avançar em sua educação e se preparar para suas carreiras. Em 2018, alcançar esse objetivo está se tornando cada vez mais difícil. Manter a segurança efetiva significa que as escolas e universidades precisam de uma combinação de soluções físicas e de segurança cibernética que trabalhem juntas para manter os alunos e o corpo docente seguros sem que os ambientes educacionais se tornem menos propícios ao sucesso do aluno.

Manchetes recentes trouxeram a necessidade de maior segurança nas instituições de ensino. Embora possa parecer que o setor de educação seja, principalmente, um alvo para ataques físicos, ele também se tornou um alvo primordial para ataques cibernéticos. No primeiro semestre de 2017, apenas o setor de educação foi responsável por 13% das violações de dados, resultando no comprometimento de cerca de 32 milhões de registros. Embora as instituições educacionais possam não parecer um alvo tão grande como organizações financeiras e de saúde, a realidade é que eles realmente abrigam uma grande quantidade de informações pessoais e financeiras confidenciais, bem como valiosos dados de pesquisa e propriedade intelectual que é altamente atraente para a comunidade cibercriminosa. Para proteger com sucesso alunos, professores e visitantes, as escolas e universidades precisam estabelecer e manter uma conscientização constante sobre ameaças físicas e cibernéticas.

O panorama da segurança na educação hoje

Entre a prioridade para os educadores, a segurança é uma das maiores preocupações que eles enfrentam hoje. O setor de educação não está tendo que enfrentar esse desafio sozinho. Os governos federal e estadual também enfrentam crescente pressão para aumentar a segurança em escolas e universidades em todo o país. Esse momento é importante, pois enquanto mais e mais escolas fazem a transformação digital necessária para ajudar os alunos e professores a serem bem-sucedidos no mercado digital de hoje, a necessidade de várias opções de segurança está apenas crescendo. Para escolas e universidades, encontrar um equilíbrio entre instalações e ambientes seguros pode ser difícil, forçando o pessoal de segurança a tomar decisões difíceis sobre onde priorizar recursos ao enfrentar uma variedade de ameaças.

Gerencie o acesso de sua rede

Dado o grande volume de usuários que entram e saem da rede de uma escola, é crucial estabelecer os meios para identificar quem pode e quem não pode acessar e quais recursos eles têm acesso. Para uma segurança cibernética eficaz, as escolas devem usar soluções que possam identificar facilmente os usuários e, em seguida, atribuir dinamicamente o acesso aos segmentos de rede de acordo.

Consolidando endpoints

À medida que as escolas adotam mais aplicativos, tecnologias e dispositivos de IoT para suas salas de aula, cada endpoint independente se torna uma possível entrada na rede. Quando você consolida essas possíveis entradas conectando-as por meio de rede única, integrada e segura, reduz drasticamente sua superfície de ataque em potencial e simplifica seus esforços de segurança cibernética, coordenando-os de forma mais eficiente na rede.

 

Conclusão

As prioridades que as instituições educacionais enfrentam são numerosas e a necessidade de enfrentá-las é urgente. As instituições de ensino encontram-se muito fracas para efetivamente se protegerem contra ameaças cibernéticas e físicas de maneira oportuna e abrangente, usando ferramentas e estratégias tradicionais de segurança. A combinação de soluções físicas e de segurança cibernética, juntamente com a adoção de novas tecnologias digitais, como reconhecimento facial e de objetos ou controles de acesso físico, pode criar soluções abrangentes para a segurança escolar sem sobrecarregar recursos limitados.

Com uma grande área para ser coberta, mão de obra limitada e uma população estudantil dinâmica, escolas e universidades precisam se concentrar em soluções que consolidem tantos elementos de segurança quanto possam centralizar o gerenciamento.

Ao avaliar a segurança no setor de educação, há oportunidades para mesclar segurança cibernética e física em uma única estratégia, abrindo oportunidades para atender com eficácia às necessidades em cenários físicos e cibernéticos.

Referências:

https://www.fortinet.com/blog/industry-trends/the-opportunity-to-create-safer-schools-and-campuses-with-physic.html

https://www.fortinet.com/corporate/about-us/why-fortinet.html

http://demand.fortinet.com/LP=2900?source=Social&sfdccampaignid=70134000001CeSh&elqemail=5118&elqtyp=1876&elqlist=4475&utm_medium=social





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros

Av. Dom João VI, 11, Edf. Seta Empresarial, 2º Andar, Brotas | Cep: 40.285-000 | Salvador - Bahia - Brasil
Tel.: 71 3018-7381 / 3018-7381 www.xlogic.com.br - sac@xlogic.com.br

XLOGIC. © 2019. Todos os direitos reservados.